Entre 2010 e 2019, governo estadual deixou de investir R$ 2,6 bilhões no combates às enchentes e população paulista sofre com alagamentos e transbordamentos de rios

Apesar das previsões meteorológicas de que São Paulo teria intensas chuvas neste verão e dos alertas de ambientalistas, o governador de São Paulo, João Doria, tem ignorado os sinais de alerta e não tem aplicado os recursos orçamentários disponíveis para ações de combate às enchentes, que castigam e matam moradores da capital, das cidades metropolitanas e do interior do Estado.

Segundo matérias publicadas pela imprensa, em dez anos, o governo de São Paulo deixou de usar 42% da verba contra enchentes, o equivalente a mais de R$ 2,6 bilhões do montante previsto para essa finalidade.

Pesquisa realizada com em dados da execução orçamentária, disponibilizada pela Secretaria Estadual de Fazenda e Planejamento, no período de 2010 a 2019, foram usados somente R$ 3,6 bilhões dos R$ 6,2 bilhões previstos para serem investidos em ações preventivas.

A falta de compromisso do governador João Doria com a população paulista ao não aplicar os recursos disponíveis custou caro para os moradores atingidos pelas enchentes, que perderam todos seus pertences, e afetou também pequenos e médios empresários.

Carregar mais Redação
Carregar mais Notícias PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Solidariedade: Coordenação da pré-campanha Professora Bete Siraque suspende atividades presenciais

A coordenação da pré-candidatura da Professora Bete Siraque à prefeitura de Santo André co…