O elevador utilizado por cadeirantes, idosos e pessoas com deficiência está quebrado há meses e, segundo os usuários, quase não funcionou este ano. Também houve reclamação sobre a falta de vacina para febre amarela, sendo que a atendente não soube informar ao usuário qual a unidade de saúde a vacina está disponível. Prefeito, a saúde tem que vir em primeiro lugar.

Carregar mais Redação
Carregar mais Bancada PT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

PT assusta. De novo

O colunista Gustavo Conde analisa o cenário eleitoral e o pânico que a democracia causa em…